O discurso safado do dinheiro fácil no celular

Nova moda é dizer que só não ganha dinheiro com celular quem não quer

Eles não param. Os gurus, aqueles que vendem cursos recheados de conteúdo duvidoso e usam a motivação como plataforma para ganhar dinheiro, inventam uma moda por semana. Isso faz parte de suas estratégias, afinal de contas, conhecimento técnico não é o forte dessa gente. O discurso precisa ser na base do “vamos lá, você consegue!” ou apelar para um misto de medo e culpa.

O que eles falam agora, aos quatro cantos e de forma exagerada, é que só não ganha dinheiro quem não quer. Isso porque todos aqueles que possuem um celular em mãos tem a obrigação de fazer dinheiro fácil com a ferramenta. A tão sonhada independência financeira ou o pagamento das contas atrasadas está na palma das nossas mãos.

Quer um discurso mais canalha que esse?

Todo mundo fazendo dinheiro ao mesmo tempo

É claro que os celulares são excelentes ferramentas. Além de estarem nos bolsos de milhões de pessoas, estão tão evoluídos que em muitos casos substituíram os computadores. E uma ferramenta, quando bem utilizada, obviamente pode render bons frutos.

Mas vender isso como solução para todas as pessoas é coisa de gente safada. É uma ferramenta, que pode ou não funcionar, para ganhar dinheiro. A maioria das pessoas possuem um celular simplesmente para fazer ligações, mandar mensagens para os amigos ou usar os aplicativos para jogar ou pedir comida.

Alguns usam o telefone celular para trabalhar, claro. Mas normalmente sua função se resume a comunicação com a equipe, atender ligações dos clientes ou dar retorno para os pedidos do chefe. E convenhamos: ter um celular, hoje, é uma obrigatoriedade. No mundo que vivemos, não ter um celular é estar completamente por fora de tudo, o que é praticamente impensável para um profissional de qualquer área.

O discurso desses gurus do internet marketing, que é diferente do marketing digital – outra hora entro nesse tema para explicar melhor as diferenças entre um e outro – pega carona na inocência das pessoas para vender cursos e livros. É óbvio que ter um celular não significa vantagem alguma em termos profissionais.

Ter uma enxada também pode render uma grana extra. Basta usá-la para carpir terrenos, por exemplo. Assim como ter uma moto ou um carro pode te fazer motorista de aplicativo ou entregador do Ifood. E isso vai gerar dinheiro ao final do mês se você for bom, trabalhar certinho. Mas apenas ter em mãos uma ferramenta não significa muita coisa. Existem dezenas de exemplos que eu poderia citar aqui.

O problema não é falar que ter um celular pode gerar renda, um dinheiro a mais. Isso é possível, claro. A grande questão é vender essa ideia embalada num discurso de que só isso será suficiente para que você ganhe uma grana extra ou fazer dessa atividade o seu meio de vida.

Pode acontecer com algumas pessoas e isso é ótimo. Mas aprenda a perceber que esse discurso serve para uma minoria, é a exceção. E imagino que você saiba o significado da palavra “exceção”.

Falei sobre este tema e já prevejo alguns desses caras comentando: “Você está nadando nas suas crenças limitantes. Precisa mudar o seu mindset“. A conversa costuma ir por esses caminhos. Nada de novo, até porque argumento não é o forte dessa galera.

Isso significa que você deve morrer na condição que está neste momento? Claro que não! Mas perceba que a vida não é tão simples e fácil como esse pessoal tenta vender.

Fique esperto! Eles estão querendo tomar o seu dinheiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s