O que o BBB desperta em você?

Tenho uma leve impressão de que o Big Brother Brasil foi criado, há mais de 20 anos, para satisfazer o “povão”.

Os “mais intelectualizados” odiavam o programa. As redes sociais nem existiam, mas era comum ouvirmos que o programa era de baixo nível. Só assistia quem gostava de cuidar da vida alheia.

20 anos depois e o programa continua um sucesso. E o que causa espanto é que cada vez mais pessoas “inteligentes” – ou que assim se definem – assistem o programa. Assistem na tevê aberta, acompanham no pay per view e comentam nas redes sociais. O que mudou de lá pra cá?

o bbb 21 é um programa marcado por brigas e intrigas.

Vamos combinar que gostamos sim de saber o que outras pessoas fazem. Mesmo que seja de forma seletiva, queremos saber como alguns vivem suas vidas. O que fazem, o que comem, como pensam e como agem em determinadas situações.

Que o BBB é um sucesso ninguém discute. Gostando você ou não, é óbvio que o programa é, em vários países, um dos mais assistidos. Todos querem saber o que acontece dentro daquela casa.

Ao longo desses 20 anos o programa foi se adaptando. Se reinventou e fez alterações pontuais que aguçaram ainda mais a curiosidade da audiência – colocando pessoas famosas, por exemplo – e conseguiu tirar dele o rótulo de “programa do povão”.

Ninguém mais tem vergonha de dizer que assiste. Que torce e faz campanha nos dias de paredão. Até mesmo famosos, como Neymar, se engajam na disputa influenciando seus seguidores para que possam agir quando o público é “convidado a participar”.

Uso o Twitter basicamente para ler notícias/opiniões sobre futebol. E mesmo lá, onde sigo apenas pessoas ligadas ao esporte, o BBB é assunto predominante nessa época do ano.

Os criadores do Big Brother acertaram em cheio. Fizeram um programa que hipnotiza muitos de nós, criando uma narrativa sobre acontecimentos diários. Instigam brigas, discórdias e uma falsa amizade que une e afasta pessoas dentro de um mesmo espaço. Criam heróis e vilões, cabendo ao público escolher seu personagem favorito.

Além do interesse do público, fatura muito dinheiro. Paga um milhão e meio ao vencedor, mas fatura mais de 500 milhões de reais com patrocínios. Financeiramente perfeito, mesmo que isso custe a sanidade mental de seus participantes.

São vários os motivos para assistir o BBB. Por isso que as pessoas gostam tanto. E pra você? Qual é a desculpa perfeita para ficar bisbilhotando a vida alheia?

1 comentário

  1. Em Portugal só vi o primeiro BB, depois perdeu de todo o interesse, se visse na rua os participantes dos BB dos anos posteriores não saberia quem são! O público do BB portugal é específico, quem não vê não se sente ‘invadido’ com info do BB.
    Agora estou no Brasil e dá para entender o “fenómeno” BBB… 1- a opção televisiva é muito muito fraca.
    2- mesmo quem não vê BBB é bombardeado com memes/informação em TODO o lado, é nas redes sociais em páginas que seguimos (que supostamente não têm relação com o BB), famosos, é nos programas de entretenimento, até nos programas desportivos… 😲
    3- Participam famosos, já com legiões de fãs.
    É quase impossível ficar de fora!
    É uma pressão tão grande, e acredito que neste momento de pandemia e susceptibilidade emocional pior, provoca nas pessoas o que o marketing chama de FOMO (fear of missing out).
    É preciso ter ‘os 2 pés no chão’ para se recusar/limitar/restringir/reduzir a importância dada ao fenómeno!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s