O que faz um profissional de marketing?

Responsável por gerar mudanças, um profissional de marketing é essencial para quem quer fazer o negócio evoluir.

Um profissional que gera mudanças. É assim que o americano Seth Godin define o profissional de marketing moderno.

Considerado um dos grandes nomes do marketing atual, Seth Godin é a principal referência quando o assunto é o marketing de permissão (falaremos sobre este tema em outra oportunidade). Além de palestrante e empresário, Seth Godin é escritor e contas suas experiências em livros que já foram publicados em diversos países.

Colocando em prática o que diz nosso mestre Godin, o profissional de marketing é responsável por agrupar diversas áreas dentro de uma empresa. Se antes o marketing era associado apenas às vendas, hoje trabalha junto com áreas como comunicação, recursos humanos, finanças e logística.

Seth Godin é hoje um dos principais nomes do marketing

O marketing passou por transformações importantes nas últimas décadas. Não é só Seth Godin que alerta sobre essas mudanças. Philip Kotler, outro importante profissional da área e considerado o “pai do marketing”, também vem alertando há décadas sobre as mudanças que afetam profissionais e consumidores.

É cada vez mais necessário que os departamentos dentro de uma empresa “conversem” e que os objetivos sejam compartilhados por todos. Não existe mais a possibilidade de cada um fazer sua parte de forma individual. Se dentro de uma empresa cada um remar para um lado, certamente teremos um barco à deriva.

Só para dar um exemplo: não adianta nada o marketing elaborar uma estratégia que mostre aos clientes uma empresa cuidadosa e caprichosa, que cuida bem do produto que vende, divulgar isso nos mais diversos meios de comunicação e falhar na hora da entrega.

Já imaginou se depois de todo esse trabalho o pessoal da logística entregar o material amassado, sujo ou com escoriações?

É por isso que o marketing trabalha e depende diretamente das ações de outros departamentos. E não pense que isso é coisa só de empresa grande.

Todas as partes do processo são importantes. E o profissional de marketing, além de pensar e elaborar as estratégias que visam atingir o objetivo proposto, precisa agrupar todas as áreas e mostrar a importância que cada um tem dentro da empresa.

Basicamente, o profissional de marketing precisa ter em mente duas coisas: o que a empresa produz/vende e para quem este produto ou serviço se destina (quem é o cliente que vai comprar).

É a partir daí que começa o trabalho do profissional de marketing. Ele organiza tudo o que a empresa quer (seus objetivos) e cria condições para que estes objetivos sejam alcançados.

Se você tem uma empresa e pretende contratar um profissional de marketing, ele pode e deve:

  • Identificar as personas (grupo de clientes) que a empresa pretende atingir;
  • Entender as necessidades dos clientes através de pesquisas e propor mudanças nos produtos ou serviços;
  • Traçar objetivos de acordo com as necessidades e condições que a empresa oferece;
  • Elaborar estratégias (o que fazer?) para atingir os objetivos definidos;
  • Elaborar as táticas (como vamos fazer?) para que a estratégia tenha sucesso;
  • Cuidar da comunicação da empresa e da maneira como ela se relaciona com os clientes;
  • Medir os resultados obtidos durante e depois das ações/campanhas;
  • Desenvolver planos de incentivo para funcionários trabalharem mais motivados e focados no objetivo;
  • Cuidar da marca da empresa, buscando formas de criar conexão com os clientes e tantas outras coisas.

Estes são apenas alguns exemplos de como um profissional de marketing pode ser importante dentro de uma empresa. Tudo depende do objetivo, das necessidades do negócio e da cultura da empresa.

Cada empresa tem uma maneira de trabalhar, tem uma cultura diferente. E é importante que o profissional de marketing entenda isso e faça adaptações no seu trabalho para que os resultados apareçam. Não existe receita de bolo neste caso.

Aquelas que possuem um orçamento mais “folgado”, preferem contratar um profissional fixo e que fique o tempo todo dentro da empresa – como um gerente de marketing. Mas isso não é uma regra e existem outras opções.

É cada vez mais comum que pequenos empresários contratarem um profissional de marketing freelancer para que auxiliem nas estratégias dos negócios. Como as pequenas empresas tem o orçamento mais curto e os donos assumem várias responsabilidades dentro do negócio, ter um profissional como este que entende da empresa e auxilia nas tomadas de decisão é de fundamental importância.

Nestes casos, o empresário define junto com o profissional de marketing como será o trabalho e o tempo que levará. As consultorias semanais caem como uma luva, já que são válidas para discutir ideias e ir implementando ao longo da semana, sempre com a possibilidade de nesse tempo ir monitorando os resultados.

A grande vantagem deste modelo é o custo, que é muito mais baixo do que a contratação de um profissional fixo que trabalhe exclusivamente num único lugar.

Se você tem uma empresa – mesmo pequena, não importa – e não tem ninguém da área de marketing para auxiliá-lo e que elabore estratégias de crescimento, está perdendo tempo e dinheiro.

E aí, vai continuar parado no tempo esperando seu concorrente te atropelar?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s